DATE: Dezembro 14, 2016
TIME: 9:00 pm
Marco Oliveira | Gulbenkian Dezembro 14, 2016

“…E como o fado vinha levando os hábitos de vencida, houve dois encores exigidos pelos aplausos. Primeiro, com uma repetição do Dueto de marujo e regateira, de novo Ana Quintans e Ricardo Ribeiro “atirados” para os alvores do século dezanove. Depois, com um inesperado solo absoluto de Marco Oliveira (cuja vocalização foi deveras impressionante, perante o devoto silêncio da audiência) na modinha Hei de amar-te até morrer…”

https://www.publico.pt/2016/12/17/culturaipsilon/noticia/fado-barroco-uma-semente-que-deu-fruto-1755229

Deixe uma resposta

2014 JamSession © All rights reserved.